A importância de vacinar o seu pet

Na medicina veterinária é sempre importante prevenir que tratar uma infeção.

As vacinas são essenciais para a vida longa e saudável do seu cão, assim como para proteger você e todos os que o rodeiam. Sem elas, os cães morreriam de doenças como a raiva, hepatite, parvovirose, cinomose ou ainda do enfraquecimento imunológico provocado por essas doenças.

Atualmente, e com o acompanhamento veterinário correto, a incidência dessas doenças tem tido tendência a diminuir, graças a um programa de vacinação com reforços anuais, bons cuidados médicos e um seguimento nutricional.

Quanto mais animais forem vacinados, menor é o risco de propagação de doenças. Se o seu cão não for devidamente vacinado na idade adequada ou ainda receber as vacinas com a saúde debilitada, ele não irá desenvolver os anticorpos necessários para viver.

Benefícios

Se forem devidamente imunizados, os cães raramente desenvolverão doenças virais. Com o boletim de vacinas em dia, o seu cão poderá viver uma vida longa, saudável, podendo visitar parques, viajar para outros países, passear em espaços fechados com você e conviver com outros animais em total segurança.

As vacinas que existem para o seu cão

Existem inúmeras vacinas muito importantes, e para a administração delas é necessário a orientação de um médico veterinário. Porém a vacina antirrábica é obrigatória e deve ser repetida anualmente durante toda a vida do cão.

Assim, a mais conhecida de todas as vacinas é a Vacina Polivalente, ou vacina múltipla, mais conhecida como V6, V8 ou ainda V10, que protege contra as doenças mais comuns que afetam os cães como a Coronavirose, a Parvovirose, a Cinomose, a Hepatite infecciosa canina, o Adenovírus tipo II, a Leptospiroses e a Parainfluenza.

Também outras vacinas podem ser aplicadas, dependendo do estilo de vida do cão, da região onde habita, e sob recomendação do médico veterinário, tais como a vacina contra a tosse de canil, que protege contra a “gripe” (Bordetella bronchiseptica); a vacina contra Giardiase Canina; e a vacina contra Leishmaniose.

Plano de Vacinação

Quando filhotes, os cães precisam receber mais doses de vacinas, garantindo a total imunização dos filhotes depois de perderem os anticorpos passados pela mãe.

A partir dos 45 dias de vida, é aplicada uma das seguintes Vacinas Polivalentes: V6 (contra cinomose, parvovirose, hepatite infeciosa canina, parainfluenza, coronavirose e adenovirose tipo II) ou a V8, a V10, a V11 ou a V12 que protegem contra todas as doenças da V6 e diferentes tipos de leptospirose, consoante a vacina administrada.

O tipo de vacina múltipla a ser utilizada deve ser escolhido pelo médico veterinário, tomando em conta o estilo de vida e o tipo de contato que o cão tenha com outros animais.

Serve o seguinte exemplo como possível plano de vacinação de um filhote, mas vale relembrar que com qualquer protocolo é escolha do  médico veterinário que irá aplicar a vacina.

Idade Vacina aplicada
Primeira dose Entre 45 e 60 dias Vacina múltipla
Segunda dose 1 mês depois da primeira dose Vacina múltipla e vacina contra Bordetella
Terceira dose 1 mês após a segunda dose Vacina múltipla, vacina contra Bordetella e vacina contra giárdia
Quarta e última dose Com 5 meses Vacina antirrábica (obrigatória) e vacina múltipla (se necessário)
Reforço Um ano após a última dose 1 dose de cada vacina que já foi aplicada

Após 5 a 7 dia após a última dose de vacina, o seu cão está liberado para atividades como passear ao ar livre, ficar em creche, ter contacto com outros animais e ficar em hotel.

Efeitos Secundários

Assim como nós podemos ter diferentes reações quando tomamos alguma vacina, a mesma coisa acontece com os nossos pets. Por isso, sempre que o seu cão for vacinado, fique atento ao seu comportamento: ele poderá ter sintomas como febre, inchaço na região onde a vacina foi aplicada ou ainda poderá sentir um pouco de desânimo.

Esses efeitos costumam passar depois de 24 horas, mas se os sintomas persistirem, procure ajuda do médico veterinário que administrou a vacina.

Entre em contato!

Preenchendo os campos abaixo

    Se preferir, ligue no (21) 3763-6645
    Assine nossa newsletter

    Receba nossos conteúdos com prioridade direto em seu e-mail