05. mai de 2021

4 Animais Exóticos Que Alguém Tem Como Pet

Vombate

O Wombat é um animal originário da Austrália. São quadrúpedes atarracados, com aproximadamente um metro de comprimento, com uma cauda curta e grossa. Eles têm a aparência de um ursinho musculoso e com as patas muito curtas, uma fofura (haha). Esse nome vem da atual quase extinta Língua Darug falada pelo povo aborígene Darug que originalmente habitavam a área de Sydney. (Butler, 2009)

Existem duas curiosidades que caracterizam os Vombates: a primeira é que eles vivem mais do que qualquer outro marsupial (primo do canguru), ao redor de 20 anos. A segunda é que eles fazem cocô quadrado, COCÔ QUADRADO. Mas o mais interesse é que produzem esses cubinhos umas 100 vezes por dia! Por norma são animais selvagens, mas uma hora ou outra acabam por ser resgatados bebês das florestas por não conseguirem adaptarem-se bem sozinhos, e, assim, já acabaram por fazer parte da família da instituição que os resgatou pois são dóceis e bemmm fofinhos.

Tamanduá

Esse bichinho famoso pelo focinho alongado e por comer formigas, foi acolhido no Mato Grosso do Sul depois de um incêndio, quando perdeu a mãe. O Tamanduá ganhou o nome de Felipe e recebe cuidados de filho, pois ele dorme dentro de um armário, toma leite, come formiga e é adorado pela vizinhança (tá melhor que eu).

A fazendeira Cristina Ferreira do Amaral diz que acolheu o animal depois de um incêndio próximo à propriedade. “Acho que ele caiu das costas da mãe e se salvou. O peão encontrou e levou até a fazenda. Dei o primeiro leite na mamadeira e ele não quis. Depois, dei em uma xícara de café e ele aceitou a primeira, aceitou a segunda…a terceira…à noite, arrumei uma caminha”, contou ela ao G1.

Para ficar com o tamanduá, Cristina enfrentou um processo judicial, mas no final viram o amor que os dois tinham um pelo outro e deu tudo certo. Amém!

Tigre

O Tigre é um mamífero carnívoro que habita o continente asiático. Dentre suas subespécies é o maior entre todos os felinos selvagens do mundo! Em muitas partes do mundo, como na Áustria e Reino Unido, a propriedade e comércio dessas criaturas exóticas são rigorosamente burocráticas. A permissão de posse inclui apenas zoológicos e santuários. Em contrapartida, há países que permitem a comercialização e acesso através de uma busca na internet.

Não é necessariamente caro comprar um tigre, mas manter esse felino vivendo como rei (porque todo bichinho merece) é extremamente custoso pois imagine alimentar um pet desse tamanho que ama carne(!) e manter um ambiente grande e cuidado para que ele gaste sua energia diária e durma bem. Se o interesse for em um tigre adulto, isso às vezes pode ser adquirido gratuitamente, caso algum proprietário esteja tentando doar o animal. Quanto aos filhotes, dependendo de qual espécie, é possível encontrá-los em valores de R$ 4 mil a R$ 12 mil.

Lhama

A lhama é um mamífero ruminante da América do Sul. Foram domesticadas pelo povo inca para a utilização no transporte de carga e na produção de lã, carne e couro.

As lhamas vivem na cordilheira dos Andes, onde as temperaturas são baixas. Assim, as pelagens servem para protegê-las do frio e são conhecidas pelo seu estilo calmo, muitas vezes andando devagar, porém pode se irritar facilmente: por este motivo, foi considerada o oitavo animal mais irritável do mundo segundo o canal Animal Planet. Quando irritada ou para chamar a atenção, espirra seu muco na direção do objeto de sua irritação, ou seja, cuspe nos outros (haha).

De acordo com o Ibama, são consideradas animais domésticos e não há restrição ambiental para tê-las em casa. Segundo o órgão, no entanto, é ideal que elas sejam criadas em espaços adequados ao bem-estar animal, com piso de terra com grama ou outra vegetação rasteira, abrigo com 10 m² e 2,5m de altura e disponibilidade de árvore de médio porte. E parece que tem família já adotando a moda desse novo pet em São Paulo:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Receba nossos conteúdos com prioridade direto em seu e-mail